ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

O conteúdo desta página só pode ser visualizado na vertical!


imagem
Revista PORT.COM • 10-Fev-2017
Professores de português da Galiza querem mais efetivos



Mais de 1.700 pessoas estudam português nos centros do ensino secundário galegos e outras 1.100 nas Escolas Oficiais de Idiomas.

A Associação de Docentes de Português na Galiza pediu à Conselharia de Educação daquela comunidade autónoma de Espanha a abertura de vagas da especialidade de língua portuguesa no ensino secundário.

 “A inexistência de vagas da especialidade de português nos liceus galegos coloca numa constante e permanente situação de incerteza e precariedade todos os anos de trabalho, esforço e dedicação a favor da língua portuguesa”, refere a associação em comunicado.

A associação recorda a Lei Paz-Andrade, aprovada por unanimidade pelo parlamento galego, que estabelece a necessidade de "fomentar o ensino e aprendizagem do português" e que o Governo local se comprometeu a "incorporar progressivamente a aprendizagem da língua portuguesa nos centros de ensino da Comunidade Autónoma da Galiza".

"Estas mínimas razões, suficientes e de evidente importância, levam-nos a insistir mais uma vez na nossa petição à Conselharia da necessidade de convocarem vagas específicas de língua portuguesa no ensino secundário galego sem mais demora", conclui a Associação de Docentes de Português na Galiza.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
A Lei da Nacionalidade
José Cesário
Deputado do PSD eleito pelo círculo da emigração
As remessas dos emigrantes
Daniel Bastos
Historiador
Estudar em Inglaterra é (excessivamente) caro... Será que vale a pena?
Catarina Demony
Co-Autora do projeto Little Portugal
DISCURSO DIRETO
Um revés inesperado antes de chegar ao Reino Unido
Sérgio Fonseca
REINO UNIDO
Viver no Dubai, uma experiência incomparável
Sónia Costa
EMIRADOS ÁRABES UNIDOS
Como é ser um português recém-chegado a Nova Iorque
David Salgado
ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ