ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

O conteúdo desta página só pode ser visualizado na vertical!


imagem
Revista PORT.COM • 19-Out-2016
China terá 5 mil comboios a viajar entre o país e a Europa em 2020



No primeiro semestre deste ano, 1.881 comboios viajaram entre a China e a Europa, de acordo com a Xinhua.

Cerca de 5.000 comboios de mercadorias deverão viajar anualmente entre a China e a Europa, em 2020, segundo um plano anunciado hoje pela Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma, o principal organismo de planeamento económico da China.

Trata-se de três rotas – leste, centro e oeste -, que permitirão ligar não só o país asiático e a Europa, mas também o leste e o sudeste da Ásia, revelou o organismo, citado pela agência oficial Xinhua.

Segundo a agência chinesa, a procura pelo transporte ferroviário entre a Europa e a China tem “explodido nos últimos anos”, servindo de alternativa à “morosidade e riscos inerentes ao transporte marítimo”, e ao “alto custo do transporte aéreo”.

Cerca de 43 plataformas de transporte serão criadas ao longo das três rotas, refere o mesmo plano, que inclui ainda a construção de 43 linhas ferroviárias.

O desenvolvimento de ligações ferroviárias, incluindo uma malha de Alta Velocidade, faz parte da iniciativa “Uma Faixa e Uma Rota”.

Com esta iniciativa, lançada em 2013 pelo Presidente chinês, Xi Jinping, Pequim propõe um plano de infraestruturas que pretende reativar a antiga Rota da Seda entre a China e a Europa através da Ásia Central, África e sudeste Asiático.

Segundo o Governo chinês, este plano abrangerá 65 países e 4,4 mil milhões de pessoas, cerca de 60% da população mundial.

A União Europeia é o maior parceiro comercial da China e, em 2015, o comércio bilateral fixou-se em 3,51 biliões de dólares (3,18 biliões de euros).


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
A Lei da Nacionalidade
José Cesário
Deputado do PSD eleito pelo círculo da emigração
As remessas dos emigrantes
Daniel Bastos
Historiador
Estudar em Inglaterra é (excessivamente) caro... Será que vale a pena?
Catarina Demony
Co-Autora do projeto Little Portugal
DISCURSO DIRETO
Um revés inesperado antes de chegar ao Reino Unido
Sérgio Fonseca
REINO UNIDO
Viver no Dubai, uma experiência incomparável
Sónia Costa
EMIRADOS ÁRABES UNIDOS
Como é ser um português recém-chegado a Nova Iorque
David Salgado
ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ