ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

O conteúdo desta página só pode ser visualizado na vertical!


imagem
Revista PORT.COM • 18-Jan-2017
Little Portugal: Uma plataforma para promover a comunidade portuguesa em Londres



O projeto é independente e, garantem as empreendedoras, sobrevive do próprio esforço e financiamento.

Duas jovens portuguesas lançaram um projeto multimédia intitulado "Little Portugal" para promover a comunidade portuguesa em Londres. Recolhendo testemunhos em vídeo que disponibilizam numa página de Internet, o projeto foi lançado no final do ano passado pelas portuguesas Catarina Demony e Ana Có. A equipa inclui uma ‘designer’ portuguesa, um compositor de música romeno e uma operadora de câmara checa.

“O projeto começou para ser uma celebração do que os portugueses estão a fazer aqui em Londres. Há muitas gerações, há todo o tipo de pessoas da comunidade portuguesa a viver em Londres e temos o objetivo de dar a voz a essa comunidade portuguesa”, revelou Ana Có, responsável pelo programa de atividades de uma organização não-governamental em Londres, à agência Lusa.

Formada em Ciências Política, Ana Có considera que existe mais para além do “estereotipo que passa o dia no café português. Há cada vez mais portugueses com qualificações e com cargos importantes que lideram na comunidade inglesa”.

A ideia para o Little Portugal surgiu em conversa com a jornalista Catarina Demony, cuja amizade remonta à vida em Portugal e que reataram durante os estudos universitários em Inglaterra.

As jovens, possuem uma experiência diferente do que é o Portugal contemporâneo e pretendem mostrar um lado mais moderno do país, que, além de profissionais da limpeza, construção ou restauração, também produziu criativos e empreendedores.

As dificuldades iniciais passaram pelo facto de terem de convencer as pessoas da validade do projeto e entretanto, já publicaram nove entrevistas, incluindo de políticos, empresários, ativistas ou profissionais de várias gerações, incluindo um professor inglês que dá aulas de língua inglesa a portugueses.

“Há uma necessidade de, tanto para os britânicos como para os portugueses em Portugal, que a vida de emigrante não é um conto de fadas”, revela Catarina Demony e por isso quer mostrar tanto os casos de sucesso como as histórias de dificuldades.

O envolvimento dos restantes membros da equipa veio por amizade, o que as obriga a explicar o contexto de algumas entrevistas e comportamento dos portugueses, como os encontros para beber café ou para ver futebol.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Portugal, o segundo país da Europa com mais emigrantes
Daniel Bastos
Historiador
As Comunidades Portuguesas e os Municípios
Paulo Pisco
Deputado do PS eleito pelas comunidades
Mercado Imobiliário: Algarve, destino de eleição para portugueses e franceses
Pedro Rosa
Consultor imobiliário
DISCURSO DIRETO
Viver no Dubai, uma experiência incomparável
Sónia Costa
EMIRADOS ÁRABES UNIDOS
Como é ser um português recém-chegado a Nova Iorque
David Salgado
ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA
Depois de África e América, viver no Reino Unido
Tiago Oliva
REINO UNIDO
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ