ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

O conteúdo desta página só pode ser visualizado na vertical!


imagem
Revista PORT.COM • 11-Jan-2017
Existem cerca de 900 idosos emigrados a receber apoio económico de Portugal



De acordo com o documento, a Direção-Geral dos Assuntos Consulares e das Comunidades Portuguesas registou 120 pedidos de apoio de portugueses no estrangeiro que querem regressar ao território nacional.

Portugal está a apoiar, economicamente, 863 idosos emigrados. O apoio é concedido aos idosos portugueses emigrados e que estejam em situação de comprovada carência económico-social.

Segundo o último relatório da Secretaria de Estado das Comunidades, com dados de 2015, a maioria reside no Brasil (604), Venezuela (82) e África do Sul (57). Este apoio representa ao Estado uma despesa total de 1,7 milhões de euros.

Segundo noticia o Correio da Manhã, a atribuição do Apoio Social a Idosos Carenciados das Comunidades Portuguesas destina-se a cidadãos nacionais com 65 ou mais anos, cujos familiares não se encontrem obrigados à prestação de alimentos. O principal objetivo é "proporcionar condições mínimas de subsistência, designadamente alojamento, alimentação, cuidados de saúde e higiene".

Destes 120 pedidos de ajuda registados, 77 foram concluídos com o regresso a Portugal, dos quais 68 com verbas adiantadas pelo Estado. Em nove situações, a verba foi adiantada pela família e/ou amigos. Os restantes 43 processos não concluídos, lê-se no documento, ficaram a dever-se à opção dos próprios de ficarem no estrangeiro.

A despesa com estes processos tem aumentado nos últimos anos, devido à alteração dos destinos da emigração portuguesa. As viagens de Angola, Brasil ou Moçambique são muito mais caras do que as dos tradicionais países da Europa (França, Alemanha, Espanha ou Luxemburgo), refere o mesmo jornal.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
A Lei da Nacionalidade
José Cesário
Deputado do PSD eleito pelo círculo da emigração
As remessas dos emigrantes
Daniel Bastos
Historiador
Estudar em Inglaterra é (excessivamente) caro... Será que vale a pena?
Catarina Demony
Co-Autora do projeto Little Portugal
DISCURSO DIRETO
Um revés inesperado antes de chegar ao Reino Unido
Sérgio Fonseca
REINO UNIDO
Viver no Dubai, uma experiência incomparável
Sónia Costa
EMIRADOS ÁRABES UNIDOS
Como é ser um português recém-chegado a Nova Iorque
David Salgado
ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ